5 dicas de decoração para comércio

Ambientes comerciais não só expressam a identidade da marca, mas também são uma forma de conquistar clientes. Por essa razão, manter a organização e a decoração em dia é um dos primeiros passos para um negócio de sucesso.

Com uma ampla concorrência em diferentes setores comerciais, quem possui estratégias de atração da clientela consegue atingir seus objetivos e destacar-se. E um dos recursos que podem ser utilizados para esse fim é a loja física. Por essa razão, descubra neste post 5 dicas de decoração para comércio!

Conheça o perfil do seu cliente

Um dos passos iniciais de qualquer tipo de estratégia de venda é conhecer bem o público-alvo do negócio. Dessa forma, conhecendo seu perfil, hábitos, preferências e comportamentos, todas as outras etapas de conquista dos clientes podem ser melhor definidas e com maiores chances de resultado. Por isso, antes de elaborar a loja física, defina se o local é adequado, quais são os elementos que o espaço deverá ter, além de estruturas internas e externas do ambiente.

Defina a ordem dos produtos por categoria

Uma das estratégias mais utilizadas para influenciar a compra do consumidor é categorizar produtos que possuem relação entre si. Assim, é recomendado deixá-los próximos, o que pode aumentar a chance de consumo de novos itens.

Escolha os móveis de acordo com a necessidade

Embora haja móveis de variados estilos, formas e cores disponíveis no mercado, para otimizar o seu espaço e chamar a atenção para um produto específico, recomenda-se adquirir somente móveis que realmente possuem uma função no estabelecimento. Para isso, é necessário analisar o local, característica do negócio, além do espaço disponível. Assim, para quem deseja um ambiente menor e aberto, são indicados quiosques para shopping, que possuem vitrines chamativas. Já espaços independentes e fechados podem conter prateleiras e estantes, facilitando a visualização dos produtos pelos clientes.

Invista em cores específicas

O conjunto de cores utilizado na decoração do comércio pode tanto atrair quanto afastar a clientela. Por esse motivo, ao definir tons para paredes, itens decorativos e móveis, saiba qual o tipo de impressão que deseja-se construir e qual tipo de público-alvo deseja-se chamar a atenção. Para pessoas mais sérias, recomenda-se utilizar tons neutros, seja em painéis para lojas ou balcões de atendimento. Já para crianças ou adolescentes, é sugerido investir em tons mais vivos e quentes. Além disso, caso o objetivo seja destacar uma promoção ou um produto determinado, é possível utilizar vermelho ou amarelo.

Facilite o tráfego do cliente pelo ambiente

Um dos principais aspectos que devem ser considerados em qualquer tipo de espaço comercial é o caminho que o cliente realizará na área interna. É de grande importância que não haja obstáculos para seu tráfego, uma vez que qualquer dificuldade para alcançar produtos, provar peças ou acessar o caixa pode ser suficiente para gerar uma experiência ruim.

Conclusão

Elaborar um ambiente comercial com estratégia e consciência é uma das melhores formas de alcançar o público certo e aumentar as vendas. Por isso, conheça bem o perfil dos seus clientes, invista em cores e móveis que contribuirão para a venda e garanta que o cliente poderá acessar todo o espaço facilmente. Assim, poderá destacar-se em relação à concorrência, obtendo sucesso na área.